quinta-feira, 15 de maio de 2008

Happiness

Para dar uma pausa no clima deprê dos últimos textos, resolvi contar sobre um dos dias coloridos. Acho que foi a limpeza dos olhos...hoje tudo estava tão claro, cheio de cores, as pessoas me pareciam felizes, as ruas me pareciam mais limpas, o céu mais azul, o dia mais quente, a alma mais leve...
Estive satisfeita comigo mesma, com minhas escolhas, me perdoei por alguns erros e me senti mais generosa com as pessoas.
Minha casa estava muito mais acolhedora e meu humor maravilhoso. Sorri ao lembrar de algumas coisas e o futuro se mostrou bastante esperançoso.
Nada parecia dar errado e tudo conspirou a favor, para que as coisas se concretizassem harmoniosamente.
Não me preocupei em entender ou ser compreendida, apenas senti, apenas fiz, apenas vivi...e isso bastou.

3 comentários:

Guilherme disse...

Quando não há a necessidade de querer ser compreendido, aí sim, podemos relaxar. O que o outro pensa ou sente, é questão dele, e não nossa!

E perceba, quanto mais relaxamos, mais nossa consciência e nossa percepção aumenta! O inverso é verdadeiro. Maior sua consciência, maior o seu relaxamento.

E aí, sua capacidade de ver.. se estenderá..

Você sentirá a harmonia que lhe envolve.. a sincronicidade de cada ato, atitude e acontecimento.

Você vislumbrará o milagre!

E, perceberá que, toda a Existência está feliz. Talvez o homem não esteja, mas olhe em volta.. veja o Sol, os pássaros, as árvores..

Onde está a tristeza agora?

luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
luz disse...

Comprovei nas suas postagens a seguinte lição.

A nossa Felicida e a Alegria, não podem ser resultados dos fatos, nem das coisas, muito menos responsabilidade de outras pessoas!
A Felicidade e Alegria, existem dentro da gente.

Bjo.