quarta-feira, 26 de agosto de 2009

pobre rima, pobre sina

Eu dizia:
Meu dia só clareava quando te via
E você sorria; só ria.

7 comentários:

Kholdan disse...

Olha eu aqui _o/
To de volta. Eita vida corrida...rsrs
Texto mais que perfeito ;)
Adoraria falar/escrever isso para alguém.

HSLO disse...

Amei demais...essa rima, que pobre sina.

Abraços,


amigo, Hugo

_Thiago disse...

pobre sina a nossa,
ler um poema tão lindo
mas tão curtinho!

tá certo, é o charme dele!

gostei muito, bjobjobjo!

_Thiago disse...

por falar em coisa boa,
eu estava procurando esse texto:
http://ideiasdeana.blogspot.com/2008/10/o-vestido-mais-bonito.html
Ana, ele é perfeito! Foi um dos primeiros que li!

^^

Ana Aitak disse...

É um dos meus preferidos também especialmente por causa de como me senti depois que o escrevi e quando o releio. E também pelo lindo recado deixado pelo Guilherme naquele texto, vc viu? bjuuss

Menino-Homem disse...

ana,
tu me chama a refletir, amar
ser feliz...

te beijo
sem medo.

luz e paz

do seu menino-homem.

Tatiane Trajano disse...

Simplesmente..Lindo!

Voltarei mais vezes para saborear de tão gostosas palavras.