sexta-feira, 17 de abril de 2009

Receita

Pegue dois sonhos, dos grandes,
quebre-os com cuidado na borda da travessa, da pia, ou na ponta do nariz,

separe a clara do escuro,
batendo separado
até nevar em abundância.
Misture bem,
com carinho e paciência,
e leve tudo ao forno numa fôrma,
untada com diabinhos brancos.
Marque no relógio 30 segundos, agora, neste instante;
deixe os diabinhos partirem em bando
e retire o sonho do forno.
E então, juntos, nós dois,
de mãos dadas, provaremos essa delícia,
olhando as primeiras estrelas.

Sérgio Caparelli in: Paciência tem hora. Porto Alegre: L&MP, 1989. p. 33.

4 comentários:

Kholdan disse...

Muito bom o texto. Não conhecia o Caparelli (=[), mas agora fiquei curioso...

Menino-Homem disse...

que bom! que belo!

Flor de Bela Alma disse...

Ai que coisa linda esse blog, menina! Beijo! Bia

Rodrigo disse...

Flavio virou caminhoneiro, eu que não me meto a besta com ele... :D