quinta-feira, 30 de abril de 2009

pra dizer tchau


Errata
onde lia-se desejo
leia-se despejo

não quero mais
essa vertigem de vogais
- tantos ais -
como se fossem consoantes

Ledusha

Postando poeminha de ruptura, eu estou evoluindo. Daqui a pouco despedir não vai doer tanto.

2 comentários:

Kholdan disse...

Lindo poema...
Melhor ainda a sua frase: "estou evoluindo"...
xD

_Santiago disse...

Adorei o poema,
que complementa as postagens anteriores,
a imagem,
o seu comentário =)

Boa sorte nesta nova e linda fase =)