domingo, 1 de fevereiro de 2009

Ensinamento

Minha mãe achava estudo
a coisa mais fina do mundo.
Não é.
A coisa mais fina do mundo é sentimento.
Aquele dia de noite, o pai fazendo serão,
ela falou comigo:
"Coitado, até essa hora no serviço pesado."
Arrumou pão e café, deixou o tacho no fogo com água quente.
Não me falou em amor.
Essa palavra de luxo.

2 comentários:

Menino-Homem disse...

as mães acreditam que de conhecimento sobrevivemos, e não avaliam a grandeza do amor, já que é uma coisa "comum", pois com um tempo, se não se pratica com carinho perde o encanto... parabéns pela reflexão!
um beijo!

Flor de Bela Alma disse...

Oi querida, adorei partilhar as delicadezas com vc! Um beijo e seja sempre bem- vinda! Mesmo! Beijo: Bia