quarta-feira, 2 de setembro de 2009

derramar

Ela: você me viu com meu novo namorado?
Ele: Não, não pude guardar na memória a imagem dos dois naquele dia.
Ela: Por que?
Ele: Quando os vi, me transformei em estátua de gelo, imediatamente uma tempestade de água caiu sobre mim, desmanchei, derramei, d-existir.

PS:inicialmente pensei no micro diálogo com Ele de namorada nova, mas desconfiei que na maioria das tragédias romantico-poéticas a personagem que sofre é feminina, então inverti as falas. rs

4 comentários:

Kholdan disse...

Muito inteligente...muito bom.
Diálogo interessante.

HSLO disse...

Gostei do diálogo.


abraçaõ

Hugo

Abraão Vitoriano disse...

bom mesmo,
incrível melhor dizendo...!

um beijo grande
Ana e o Mar...rs

Tatiane Trajano disse...

Hummm..
muito bom!

;)