domingo, 24 de fevereiro de 2008

um blog para chamar de meu




Estou bastante animada, com a idéia de ter um blog, imaginem que recebi visitas; não sei se gostaram, isso não vem ao caso agora, mas me deixou bastante motivada a exercitar. Eu volto e meia saio garimpando por ai e me surpreendo todos os dias com a quantidade de gente que escreve maravilhosamente bem, que realmente nos tocam profundamente com seus escritos e isso me motiva mais ainda, aproveito pra explicar o nome do blog: Segunda Versão vem de ser um segundo blog, já publiquei outro que esqueci o nome agora (me deu branco) e versão por remeter à palavra verso que por sua vez lembra poesia, o que gosto muito, e também ao sentido de ser algo contado do ponto de vista de alguém, uma versão é um ponto de vista, e como disse uma vez um professor meu de filosofia, que não sei se citou alguém, pois isso ele não disse, "todo ponto de vista é a vista de um ponto". E assim vou tentando deixar registrado como tenho visto o mundo a minha volta e o meu próprio mundo. Não só para que os outros saibam, mas especialmente para eu mesma ter a possibilidade de me enxergar em alguns momentos e rever meus próprios pensamentos, talvez até possa melhorá-los quem sabe, e consequentemente melhorar também. Não sei se é possível, mas sei que quando releio o que escrevi depois de algum tempo, sinto como se fosse de outra pessoa, alguém desconhecido; talvez porque como disse Heráclito, nós não podemos nunca entrar no mesmo rio, pois como as águas, nós mesmos já somos outros ou nada é permanente exceto a mudança (há várias versões desse pensamento , nem sei se é dele). Assim vamos escrevendo e reescrevendo nossos dias com o que temos nas mãos e na mente...

Um comentário:

Limbonauta disse...

"Tudo flui." já dizia o próprio Heráclito.

Segunda versão aceita. Apuraremos mais detalhes a posteriori.

=)

Servem café por aqui?