sábado, 9 de junho de 2012

afinal

Todos temos certeza dos fins
do fim do ano, do fim do dinheiro
do fim da vida
...
Do fim do amor
digo, de algo parecido com amor
porque amor mesmo nao tem fim, né?

3 comentários:

juliana kalid disse...

ando um pouco desconfiada de que amor "mesmo" também acaba, sabe? - e que essas coisas devem ser tão mais simples do que a gente teima em perceber... rs!

um beijo!

Guilherme disse...

Suspeito seriamente que seja bem por aí.. :)

Ana Aitak disse...

:)