segunda-feira, 20 de julho de 2009

metade

meio a meio
do que se reparte
amor
prazer
arte
é o que persiste
do que se divide
só o meio a meio
resta inteiro
o resto
não resiste
imagem: Chris Craymer -inda tinha essa que eu queria mostrar :)

2 comentários:

Kholdan disse...

Lindo poema e feliz dia do amigo ;)

Menino-Homem disse...

feliz do amigo pra ti...

e Alice é sempre eterna, mexe no ser...

beijos,
carinho muito!