domingo, 21 de junho de 2009


" A manhã apaga
As perguntas da noite
As coisas são claras
As coisas são sólidas
O mundo se explica só por existir
A memória dorme
O presente ri..."
Ferreira Gullar via

2 comentários:

Kholdan disse...

Muito bom o texto do Gullar.
E ele ainda é aplicável para a minha noite de ontem e dia de hj.

Guilherme disse...

lindo!
lindo!
linda!